X

Serena afirma que se tivesse agido como Zverev estaria presa

Sexta, 04 de março 2022 às 20:55:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Serena Williams é a entrevistada da vez por Christiane Amanpour, na CNN americana, e em um trecho divulgado, comenta o surto de raiva de Alexander Zverev durante uma partida de duplas no ATP 500 de Acapulco, em que quase atingiu o árbitro e levou sua expulsão do torneio.



"A Venus ela fica meio assim (faz cara de quem não liga) quando tá nervosa. Eu não... eu fico 'Ahh' (finge um grito). Todo mundo é diferente, não é necessariamente sobre quebrar (perder o controle), é mais sobre paixão e sua personalidade. Eu sou a mesma pessoa dentro e fora das quadras, sou muito apaixonada pelo que faço, sou apaixonada sobre tudo..", pontuou Serena.

"Mas do outro lado, eu provavelmente estaria presa se tivesse feito aquilo (o que Zverev fez em Acapulco). Literalmente estaria, sem brincadeira. Eu estaria em liberdade condicional", disse rindo.

Serena opta por não discutir questões raciais que seriam propostas por Christiane Amanpour, porém concorda que há "diferentes padrões" e pontua: "As vezes se vê as coisas que acontecem no circuito e eu penso, e se eu fosse por aqui...".
Serena prefere fugir das polêmicas e ressalta que ama "quem ela é" e ama o impacto que ela gera nas pessoas, nas empresas e ama as oportunidades que tem tido em "investir em mulheres, em pessoas de cor... sabe, se eu não tivesse a paixão que tenho em quadra, não teria a paixão que tenho para as coisas que estou fazendo agora".

banner
banner