X

Diretor de Acapulco: 'Condutas antidesportivas são inaceitáveis'

Quarta, 23 de fevereiro 2022 às 15:06:47 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O diretor geral do ATP 500 de Acapulco, no México, Raul Zurutuza, falou sobre a expulsão do alemão Alexander Zverev, atual campeão do torneio e cabeça de chave 2 na disputa em simples, após agredir o árbitro de cadeira em seu jogo de duplas.



Leia mais:

Zverev se desculpa por agressão a árbitro: 'Não deveria ter acontecido'

OPINIÃO: Zverev merece uma punição severa

"É uma pena para o torneio e para todos os torcedores o que aconteceu ontem. Sem dúvidas, as condutas antidesportivas são inaceitáveis, o regulamento é claro é tem de se cumprir", declarou em publicação nas redes sociais do torneio.

A organização de Acapulco ainda fez questão de publicar um vídeo em que apresenta o momento do desentendimento inicial entre Zverev e o árbitro italiano Alessandro Germani, que confirmou uma bola da dupla adversária como 'dentro', seguindo a marcação do árbitro de linha. O ponto dava match-point a dupla adversária, formada por Lloyd Glasspool e Hari Heliovaara. O mineiro Marcelo Melo, parceiro de Zverev, chegou a protestar contra a marcação, mas se conteve. O alemão chegou a tomar uma advertência por "abuso verbal" e logo ao perder o jogo, destruiu sua raquete a batendo contra a cadeira do árbitro. Confira!

banner
banner