X

Bautista vira contra Khachanov e repete final contra Basilashvili em Doha

Sexta, 18 de fevereiro 2022 às 16:44:18 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Vindo de dois atropelos, sobre o escocês Andy Murray e o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, o espanhol Roberto Bautista Agut, 16º da ATP, sofreu e precisou vencer um jogão contra o russo Karen Khachanov, 27º, para se garantir na grande final do ATP 250 de Doha.



Bautista precisou de 2h26 para fechar o placar em 2/6 6/3 7/5 tendo convertido dois aces contra 17 do russo, que cometeu uma dupla-falta contra duas do espanhol, que venceu 76% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 72% de aproveitamento de Khachanov.

O primeiro set foi marcado por pontos muito brigados, mas por uma consistência muito maior do russo, que trabalhando com backhand conquistou quebras no 3º e 5º games e administrou.

Na parcial seguinte, Bautista sobreviveu a pressão no 3º game, encarou 10 minutos de game e salvou sete breakpoints para ganhar confiança, conquistar quebra no sexto game e administrar para forçar o set decisivo.

Nele, o jogo seguiu equilibrado, com os dois tenistas muito firmes em quadra, cometendo poucos erros, até que o espanhol arriscou bolas cruzadas, buscou as paralelas e conquistou quebra no 11º game, sacando para o jogo, que foi fechado com um belo ponto (vídeo abaixo).

Na grande final, Bautista encara o georgiano Nikoloz Basilashvili, 22º, que venceu o francês Arthur Rinderknech, 61º em 6/4 6/2.

Bautista e Basilashvili se enfrentaram cinco vezes no circuito profissional, com três vitórias do espanhol.

Esta será a segunda vez no circuito que os dois tenistas decidem o título em Doha. Na temporada 2021, o georgiano levou a melhor em sets diretos.

banner
banner