X

Zverev dá apoio a Djokovic: 'Não é justo que venha aqui e não possa jogar'

Sábado, 15 de janeiro 2022 às 12:48:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tenista alemão Alexander Zverev, um dos favoritos ao título do Australian Open, prestou apoio a Novak Djokovic, número 1 do mundo, que teve o visto revogado e terá que encarar novo julgamento neste domingo.



"Eu não sei qual é a percepção dos torcedores. Eu sei que no esporte você sente que Djokovic é um dos melhores atletas de todos os tempos. Ele ganhou 20 Grand Slams, ele alcançou o recorde de mais semanas como número um no mundo, eles têm mais Masters 1000 do que qualquer um... Para mim ele é um dos melhores atletas de todos os tempos. Isso não é uma coisa boa que está acontecendo para ele ou para todos. Ainda assim, não podemos questionar seu legado por causa deste incidente."

"Não estamos 100% informados de tudo o que acontece. Ele tinha visto, né? Não acho que ele teria viajado para cá sem pensar que não tinha chance de jogar. Acho que Djokovic é um nome muito grande, um mundo superstar. O fato de ser Novak Djokovic, as pessoas acreditam que ele tem uma série de privilégios que o resto não tem. Eu sei que houve outros jogadores que pediram uma isenção. Por exemplo, a jogadora que teve que ir para o seu país. Eu não sei o suficiente sobre esse assunto, realmente, mas acho que se não fosse Djokovic não seria um drama tão grande. Não posso comentar o resto porque não sou político, mas posso dizer que não é justo que uma pessoa venha aqui e não possa jogar", disse o alemão que chegou a falar com o número 1 durante a semana quando estava livre e treinando em Melbourne.

"Falei com ele um dia e mostrei todo o meu apoio. Seu telefone provavelmente não está ligado agora. Também não tenho muito contato com ele. Ontem à noite, todos pensamos que ele iria jogar o torneio, então. .. vamos ver como tudo acaba isso".

Zverev comentou sobre os favoritos ao título e os impactos caso o sérvio não possa disputar o evento.

"Novak em todos os torneios que joga é o principal favorito, especialmente nesta superfície e neste torneio em que ganhou nove vezes. Acho que há muitos outros tenistas que mostraram bons resultados aqui em Melbourne. Medvedev, Tsitsipas e até Eu treinei com o Rafa um dia e a verdade é que também estou em um bom nível. Ainda assim, há muitos tenistas que podem nos surpreender".

O alemão, que está na chave para duelar contra Nadal nas quartas, está ansioso para a estreia: "Estou ansioso para jogar agora. Estamos muito felizes por estar de volta à Austrália e jogar aqui novamente. É um novo começo de temporada e todos os tenistas querem começar a temporada da melhor maneira possível. Vou aproveitar cada jogo que jogo em quadra".

banner
banner