X

Ferrer e grandes nomes do tênis espanhol lamenta morte de Manolo Santana

Sábado, 11 de dezembro 2021 às 18:15:10 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Grandes nomes da história do tênis espanhol se manifestaram neste sábado após a morte da lenda Manolo Santana, primeiro do país a vencer Wimbledon e com títulos mais em Roland Garros e no US Open.



Manolo faleceu aos 83 anos em virtude de complicações causadas pelo Mal de Parkinson: "Sabia que Manolo não estava nas melhores condições físicas , mas nunca esperamosen las mejores condiciones físicas, pero nunca te lo esperas. Foi um golpe. Quando alguém é tão especial, você sempre acredita que esse dia nunca vai chegar, infelizmente já chegou. Você tem que fazer o exercício mental de todas as coisas boas que o tênis espanhol oferece, mas acima de tudo a nível pessoal. Tenho muito carinho por ele porque sempre foi muito próximo na minha carreira. Eu moro com ele há muitos anos. Descanse em paz e bom ânimo para toda a sua família", disse David Ferrer, ex-top 3 mundial, em palavras à Rádio MARCA.

"Ele nos abriu o caminho. Nós que temos memória tenística temos esse conhecimento e valorizamos muito, mas sobretudo dou valor como ele era".

Atual terceira do mundo, dona de três títulos de Slam, Garbiñe Muguruza também comentou: "Obrigado pela sua gentileza, proximidade e por nos mostrar o caminho. Você sempre foi nossa referência, para todos no tênis espanhol, um pioneiro. Tão atentos e tão próximos, nos momentos bons e nos maus. Vou sentir saudades. Todo meu amor por sua família e entes queridos", disse.

Paula Badosa, estrela recente do país, afirmou: "Notícias tristes para o mundo do tênis. Obrigado por ter aberto o caminho para que mais tarde muitos de nós pudéssemos percorrê-lo.

"Obrigado, Manolo, por toda sua gentileza, vocação e dedicação ao tênis. Temos sua lenda. O mundo do tênis já sentimos sua falta", destacou Conchita Martinez.

banner
banner