X

Gustavo Carneiro participa de Virada Esportiva na Av. Paulista com a ASICS

Segunda, 06 de dezembro 2021 às 08:00:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 36 do mundo no tênis em cadeira de rodas na categoria Open, Gustavo Carneiro, participou de uma ação especial neste domingo ao jogar tênis com o público em geral em plena Av. Paulista, coração de São Paulo, na Virada Esportiva Paulista.



O atleta que disputou a Paralimpíada em setembro bateu bola com o público ao lado da medalhista de Bronze em Tóquio, Laura Pigossi, em quadra montada pela ASICS e destacou a importância da experiência: "Foi muito bom o evento. Foi bem inclusivo, quadra pequena, bola de iniciação, de aprendizado, muitas crianças, adultos, todos querendo brincar, ficou cheio o dia todo", disse o tenista patrocinado patrocinado pela Confederação Brasileira de Tênis, Banco BRB, ASICS, Equaliv, Politriz, Praia Clube, Rfreitas Construtora, Terra Brasilis Restaurante e Tenez Pro Shop.

Carneiro dá sequência em sua pré-temporada em Uberlândia (MG) esta semana visando 2022. Em 2021 ele terminou o ano com o título no torneio de Santos (SP) vencendo batalha de 3h30min contra o costarriquenho José Pablo Gil, 40 do mundo: " Foi uma boa temporada no geral, disputei minha primeira Paralimpíada em Tóquio, mas por outro lado, machuquei o punho em um torneio na Croácia no final de maio, começo de junho. Foram seis meses tratando, joguei a Paralimpíada machucado, lá em Tóquio as dores pioraram, fiz ressonância, tive que tomar infiltração, mas consegui jogar sem dores. No retorno pro Brasil em setembro intensifiquei a fisioterapia e estou 100%, treinando forte pro ano que vem. Na última semana de novembro fui campeão em Santos, bati o jogador da Costa Rica, vencendo o torneio na frente de minha filha que fazia aniversário. Foi emocionante ela entrando em quadra chorando e me abraçar, tinha sido o presente que ela me pediu, disse.

"Ano que vem promete, devo voltar a competir ali por fevereiro ou março, ainda estou definindo o calendário. Quero jogar cerca de 20 torneios e terminar a temporada no top25 do ranking mundial, quem sabe um top 20".

banner
banner