X

Djokovic sobre o GOAT: 'Difícil dizer quem é o melhor'

Sexta, 03 de setembro 2021 às 00:16:07 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após a vitória na segunda rodada do US Open, Novak Djokovic celebrou a atuação contra o holandês Tallon Griekspoor com vitória por 6/2 6/3 6/2 e comentou sobre quem é o GOAT, ou seja, o melhor de todos os tempos.



"Foi uma ótima performance. Com certeza ele se saiu melhor do que no primeiro set e é por isso que saio muito satisfeito com a forma como me movi na quadra: saquei muito bem, achei o ritmo no saque e estou muito feliz com o meu nível. O vi jogar pela primeira vez contra o Struff há alguns dias e percebi que ele estava sacando muito bem. Então, eu sabia que uma das chaves estava no resto", disse o sérvio que encara o japonês Kei Nishikori pela 20ª vez onde soma 17 vitórias.

"Jogamos muito e tenho um bom histórico contra ele. A última vez que perdi foi aqui em Nova York nas semifinais de 2014. Ele é um dos jogadores mais rápidos e talentosos que já vi na minha carreira. Acho que vai ser fundamental sacar bem e tentar não dar ritmo, que é algo que ele gosta muito. Conheço be'm o jogo dele, já nos enfrentamos este ano nos Jogos Olímpicos e sei o que me espera.

Sobre o Melhor de Todos, Novak pontuou: "É difícil dizer quem é o melhor. Nós três somos muito diferentes em muitos aspectos e estilos. Todos nós tivemos um caminho diferente para chegar a este momento. Nós três fomos tremendamente bem-sucedidos, alguns mais em uma superfície, outros em outra. Acho que nos complementamos e que a rivalidade entre nós é fenomenal para o nosso esporte. Nesse sentido, o debate sobre o GOAT e tudo o que há de melhor para o esporte. Conseqüentemente, espero que as pessoas continuem falando sobre isso."

Se vencer o torneio, Djokovic seria o maior vencedor de Slams com 21 canecos e também o primeiro desde Rod Laver em 1969 a ganhar os quatro torneios em uma mesma temporada.

banner
banner