X

Thiem elogia Zverev: 'Nada foi suficiente'

Sábado, 08 de maio 2021 às 14:18:54 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tenista austríaco Dominic Thiem, número quatro do mundo, se mostrou conformado com sua derrota diante do alemão Alexander Zverev, sexto colocado, neste sábado nas semifinais do Masters 1000 de Madri, na Espanha, por 2 sets a 0 com parciais de 6/3 6/4.



"Olhando o jogo em detalhes, eu não mudaria muitas coisas. Hoje não foi o suficiente contra o Sacha, que jogou muito bem. Se você olhar o último jogo, por exemplo, acho que sacou 228km/h, com algo assim não dá para fazer muito. Hoje ele foi o melhor jogador em quadra e eu aceito isso 100%. Estou super feliz com a semana, nunca esperaria estar nas semifinais ou lutar contra um jogador como ele. Não posso reclamar de nada. No momento, tenho muitas coisas a melhorar para a próxima semana . Quero chegar a Roma e treinar o melhor possível, espero poder jogar lá melhor do que fiz aqui", disse o tenista que estava há dois meses afastado por lesão no joelho.

"Foi um resultado muito melhor do que o esperado. Quanto ao que aconteceu na quadra, esperava estar um pouco melhor fisicamente, ainda há muitos aspectos a melhorar, percebo que ainda é difícil para mim manter a intensidade ao longo da semana. Claro que também há alguns golpes que precisam ser melhorados, mas estou otimista para a próxima semana, sei que vão melhorar. Foi importante ter um bom resultado aqui, principalmente pela confiança. Fico feliz em pensar que estou no caminho certo ”.

"Para mim é sempre mais exigente jogar em quadra dura, mesmo sabendo que no saibro as trocas são muito mais longas. Porém, para as articulações e para os pés, é muito mais confortável jogar no saibro. Eu cresci nesta superfície, então não me importo de jogar muitos jogos aqui. Imagino que para os outros jogadores seja completamente diferente, mas para mim é muito mais fácil ".

Thiem comentou sobre a amizade que tem com Zverev o qual fez a 11ª partida e soma oito vitórias, incluindo a final do US Open.

“Temos uma rivalidade e amizade muito boas. Acho que ambos viemos para a turnê em momentos semelhantes, se não me engano, hoje foi o 11º ou 12º jogo que jogamos. E sempre foram importantes, finais ou semifinais de Masters 1000 ou Grand Slam, também finais ATP. Espero que muitos mais venham ”.

banner
banner
banner