X

Schwartzman pede revisão de regras pela ATP: 'Muito difícil seguir assim'

Sexta, 12 de fevereiro 2021 às 08:37:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O argentino Diego Schwartzman, nono do mundo e melhor tenista da América do Sul, conversou com os jornalistas após ser eliminado pelo russo Aslan Karatsev e refletiu sobre a necessidade de uma revisão das regras de competição pro part da ATP.



Após exaltar a performance do russo: "Eu vi que ele fez mais de 50 bolas vencedoras e fazer isso em um jogador como eu, é muito. Ele venceu porque jogou melhor e mereceu", elogiou o argentino, que confessou não estar adaptado à velocidade das quadras de Melbourne Park: "Prefiro quadras mais lentas, a velocidade pra mim foi uma situação, mas eles não tiveram tanto tempo pra mexer", reconheceu.

Ao ser perguntado se repetiria em Wimbledon, Roland Garros e no US Open o modelo de quarentena de Melbourne, o argentino refletiu: "Como muitos jogadores disseram, treinar três semanas para estar aqui por algumas semanas em uma "vida livre" - pelo menos até hoje, porque começamos um novo confinamento aqui em Victoria, mas tivemos duas semanas de vida totalmente livre. Eu, com certeza faria novamente".

"Eu acho muito difícil. A ATP talvez devesse rever algumas regras este ano sobre a quarentena, a obrigação dos jogadores em competir... Nós, jogadores da América do Sul. Ano passado eu fiquei na Europa por quatro meses, agora já faz mais de um mês que estou fora de casa. Para seguir jogando, temos de ficar no hotel ou no torneio, nós não temos nenhuma escolha. Será muito difícil permanecer jogando assim. Tudo que é torneio fazendo quarentena, com permissão apenas para ir ao clube, de não sair disso. É difícil pra mente, pra tudo. Pra mim a ATP deveria rever as regras para este ano e fazer como fizeram ano passado, quando os torneios não eram obrigatórios para os jogadores"

banner
banner