X

Sinner admite que Federer sempre foi seu ídolo, mas passou a admirar Nadal

Quinta, 26 de março 2020 às 11:40:59 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A jovem revelação do tênis italiano Jannik Sinner, de 18 anos, 73º do mundo, declarou ao Sky Sports 24 que Roger Federer sempre foi seu ídolo quando criança e adolescente, mas aprendeu a admirar Rafael Nadal quando entrou no circuito. 



O italiano deu a entrevista direto de sua casa em Monte Carlo onde cumpre a quarentena por conta do coronavírus: "

"Como um pequeno Federer. Mas honestamente, desde que treinei com Rafa (Nadal) no Aberto da Austrália, ele me inspirou muito. Ele é muito humilde em primeiro lugar, mas também Federer, mas sua presença em quadra é muito forte. Quando você brinca com ele, sente que existe uma máquina que nunca está errada ", disse Sinner que revelou suas vitórias mais bonitas e derrotas mais dolorosas.

"Por enquanto, existem duas: a primeira na quadra central de Roma contra Steve Johnson e a contra Alex de Minaur em Milão. Em geral, eu gosto de jogar na Itália com o público, é muito bonito e emocionante. Quando venci o Gael Monfils em Antuérpia, percebi que ainda posso jogar com o top 20. Então, eu não tinha começado bem este ano e depois de muitas primeiras rodadas consecutivas, chegou a vitória contra David Goffin em Roterdã. Um torneio em que eu também poderia ter chegado às semis ou final ".

“Fiquei muito irritado com o do ano passado contra a Alcaraz. Eu vim de três torneios vencidos, cheguei um dia antes da noite, não treinei e estava liderando 3/0 no terceiro. Esse jogo me ensinou como gerenciar uma partida. A derrota com Daniil Medvedev em Marselha também foi importante para entender que ainda falta muito, ainda preciso entender os momentos de um jogo ".

O tenista elegeu os melhores Slams que gosta de jogar: "Eu escolheria o US Open, por causa de todos os Slams que joguei, exceto Roland Garros, que eu mais gosto da quadra. A bola quica um pouco mais alto e pode me ajudar muito. No ano passado, em Wimbledon, joguei meu primeiro jogo na grama e tenho que entender como jogar no piso. Infelizmente na Austrália este ano as condições foram complicadas, quando joguei com muito vento, mas acho que também gostaria do Aberto da Austrália. "