X

Garin comemora 'ajuda' da chuva após vaga na semi no Rio Open

Sexta, 21 de fevereiro 2020 às 21:56:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Marden Diller – Um dos únicos favoritos ainda vivos na chave principal do Rio Open 2020, o chileno Christian Garin conseguiu driblar os atrasos por chuva e garantiu vaga na semifinal do evento.



Após a partida, o tenista conversou com a imprensa sobre o dia no clube e sua partida com duas interrupções pelas fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro na tarde desta sexta-feira.

“Foi um dia pouco incomum, no primeiro set eu entrei muito desconcentrado, muito aéreo. Depois da primeira parada (por chuva) eu consegui me achar no jogo e vencer o segundo set. Com a parada do terceiro set, nós dois voltamos a jogar muito, mas felizmente eu consegui dar um passo adiante e estou muito feliz de estar na semifinal”.

“Comecei jogando muito atrás na quadra, muito longe da linha. Não me sinto muito cômodo fazendo isso. No terceiro set assumi uma postura agressiva, a chuva deixou a quarta mais pesada, estava muito úmido, muito calor e consegui impor minha agressividade”. 

Na busca pela primeira final de ATP 500 de sua carreira, Garin agora terá em seu caminho o vencedor da partida entre Borna Coric e Lorenzo Sonego, que também sofreu interrupções pela chuva.

“Com Coric joguei ano passado, com Sonego nunca joguei. Mas a verdade é que venci essa partida e estou pronto para a próxima rodada, estou focado em jogar amanhã”, explicou, minimizando em seguida o fato de que teria alguma vantagem por seu adversário poder ter de jogar uma rodada dupla neste sábado. “Bom, depende, obviamente que sim. Mas outros dias joguei de tarde, com 35 graus de calor, e alguns de meus adversários jogando de noite. Quando nos apresentamos para jogar, entramos para fazer nosso melhor.”