X

Backstage tour da Rolex, oportunidade ímpar

Quinta, 20 de fevereiro 2020 às 10:15:58 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Gustavo Loio - Entrar no maior torneio de tênis da América do Sul e acompanhar os jogos de perto, seja nas menores quadras, como a 4, a 2 e a 1, ou na central, com capacidade para 6.200 lugares, é uma experiência e tanto para quem ama essa modalidade.



Foto: César França/Rolex

 

Imagine, então, o privilégio de ver, a poucos metros de distância, muito próximo de uma das linhas laterais, os minutos finais da estreia do número quatro do mundo contra uma das maiores apostas da nova geração do tênis brasileiro.

Pois, a convite da Rolex, saboreei esse momento na noite de terça-feira, no Rio Open, na partida entre o austríaco Dominic Thiem e o brasileiro Felipe Meligeni. Foi durante o backstage tour, que a marca suíça de relógios oferece a seus convidados desde a primeira edição do torneio no Jockey Club.

Coube ao ex-tenista mineiro André Sá, com toda sua simpatia, atenção, simplicidade e conhecimento, mostrar aos convidados da Rolex os bastidores deste evento que melhora a cada ano.

Na quadra central, tivemos a oportunidade de ver, na posição dos fotógrafos, os últimos três games da partida. Incrível acompanhar, tão de perto, o mais aguardado jogo do Rio Open até agora. Dava pra observar os detalhes de cada jogador, como a movimentação, a preparação e execução dos golpes, além da velocidade e os efeitos das trocas de bola. Tudo de um ângulo em que, normalmente, não se vê numa transmissão de televisão, por exemplo. Espetacular.

 

 

Dali o backstage tour seguiu para a torre de transmissão, onde conhecemos a equipe responsável pelos telões da quadra central. Do locutor oficial do torneio aos operadores de áudio, vimos um pouco desse trabalho tão importante no Rio Open. Na cabine ao lado, fomos muito bem recebidos pelo locutor Eusébio Resende e pelo comentarista Narck Rodrigues, do Sportv.

Em seguida fomos à sala de encordoamento do Rio Open, outro local tão importante do maior torneio da América do Sul. Afinal, num esporte em que cada detalhe faz toda a diferença, encordoar as raquetes é um trabalho da mais alta responsabilidade.

Na sala ao lado, conhecemos o local onde jogadores e seus respectivos staffs e famílias se encontram momentos antes e depois dos jogos e treinos. Era a sala dos jogadores.

O backstage tour também levou os convidados da Rolex às salas de imprensa e de coletiva. Com direito a uma foto no final ao lado de Thiem, um dos embaixadores da marca, como o suíço Roger Federer, o argentino Juan Martin Del Potro e outros tantos nomes.

Visitar os bastidores do Rio Open foi uma experiência única. Obrigado, Rolex!