X

Monteiro não sabe se descansou o suficiente. Rio Open fala em acordo

Quarta, 19 de fevereiro 2020 às 23:00:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Marden Diller – Uma maratona de três sets e três horas de duração. Menos de 19 horas depois, mais três sets e uma eliminação. Assim foi a rápida passagem do cearense Thiago Monteiro, número 1 do Brasil, pelo Rio Open 2020.



Principal candidato do país a avançar na chave do torneio carioca, principalmente após as derrotas de Fernando Verdasco, nono favorito, e do uruguaio Pablo Cuevas, campeão em 2016, Monteiro foi obrigado a disputar dois jogos desgastantes com menos de 24 horas de intervalo — uma vez que sua estreia terminou após a 0h desta quarta-feira e sua segunda rodada iniciou às 19h do mesmo dia.

Ainda em quadra após a derrota diante de Attila Balazs, Monteiro conversou com a emissora SporTV e comentou que havia caído “muito de rendimento, muito de energia. Não sei se pelo fato de ter dormido pouco, descansado pouco. Mas, a intensidade baixou muito, um set inteiro basicamente”.

Posteriormente, em Zona Mista com a imprensa, reforçou a fala. “No segundo set, comecei o primeiro game bem, depois desfoquei um pouco, não sei o porquê, mas senti um pouco de desgaste. Claro que esse não foi o fator principal, acho que eu coloquei ele em jogo por não ter aproveitado bem minhas chances ao fim do primeiro set. Mas, sem dúvidas, tive uma primeira rodada difícil, com três horas de jogo, que acabou tarde e descansei menos do que eu gostaria. Agora é preciso seguir mesmo nesse processo, seguir firme, aprender com essas derrotas e estar mais firme no futuro”.

Na tarde desta quarta-feira o diretor do torneio, Luiz Procopio Carvalho comentou, em conversa informal, que o cearense havia concordado em jogar terça e quarta em troca de descansar na segunda. Tenista vinha de jogar quartas de final em Buenos Aires, na última sexta-feira.

Procurada pelo Tênis News, a assessoria do torneio confirmou o pedido de Monteiro e o acordo citado pelo diretor, que comentou ainda que o dia da estreia do brasileiro deveria ter sido na segunda e não na terça.