X

Thiem minimiza e explica origem de incômodo no joelho contra Meligeni

Quarta, 19 de fevereiro 2020 às 00:09:11 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Marden Diller – Estreando na noite desta terça-feira no Rio Open, o austríaco Dominic Thiem passou por um susto no início do segundo set com uma forte dor no joelho esquerdo. Em coletiva, o cabeça de chave número 1 explicou o ocorrido e minimizou os danos.



“O primeiro set correu bem, mas no primeiro game do segundo set eu senti uma dor muito forte no meu joelho. Fiquei muito preocupado pois era uma dor muito aguda. Eu me machuquei em uma porta hoje de tarde quando cheguei no clube. No início da partida estava tudo ok, mas de repente a dor veio com tudo e eu não sabia bem como lidar com isso. Chamei o fisioterapeuta, fizemos todos os testes e ele concluiu que estava tudo bem, então farei um tratamento rápido hoje, mais um dia de tratamentos amanhã e espero que tudo esteja bem para a quinta-feira”, explicou.

Com a Quadra Guga Kuerten quase que completamente lotada, o austríaco não se incomodou muito com a festa da torcida, inclusive elogiando o ambiente que se formou ao longo da partida.

“Fiquei bem satisfeito com a atmosfera hoje, era uma quadra central lotada e foi muito gostoso. Obviamente a torcida estava torcendo para o Felipe, o que é normal, já que ele é um atleta da casa, mas mesmo assim o clima estava muito gostoso. Desde o ano que venci o título aqui, em 2017, tenho uma grande relação com o público brasileiro, o que me faz querer voltar ano após ano”.

Seu próximo desafio será contra o espanhol Jaume Munar, grande jogador de quadras de saibro e pupilo da Rafa Nadal Academy. Novamente Thiem minimizou a questão do joelho e se mostrou ciente da preparação que precisa para a próxima partida.

“Não estou tão preocupado com o joelho, acho que tudo ficará bem. Preciso fazer uma boa sessão de treino amanhã. O jogo foi bom, mais ainda tenho muitas coisas para melhorar no meu jogo para quadras de saibro. Tentarei melhorar isso, aumentar meu nível para a próxima partida contra Munar, que é um grande jogador de quadras de saibro, tivemos uma partida muito disputada em Barcelona no ano passado. Assistirei essa partida novamente e tentarei ter uma leitura semelhante à que tive naquele momento”.