X

Ferrer: ‘Quando você se aposenta, repara muitas coisas que nem se dava conta’

Quinta, 06 de fevereiro 2020 às 17:27:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Livre de toda a correria e pressão e correria da vida de tenista profissional, o espanhol David Ferrer esteve recentemente no Kuait, para a inauguração da nova academia de Rafael Nadal no país, onde conversou sobre sua nova vida com a agência EFE.



“Não penso em me afastar do tênis, pois é algo com o qual tenho estado envolvido por toda a vida. É o tudo o que tenho feito desde sempre, ao que tenho me dedicado, é o que se fazer e uma das coisas que mais gostei de fazer. Sigo envolvido, jogo o circuito de veteranos, dirijo o torneio de Barcelona e estou feliz”, disse.

Ferrer ainda comentou sobre a ida ao Kuait, para a inauguração de mais uma filial da Rafa Nadal Academy, passando uns dias ao lado do próprio. “Ele é meu amigo. Antes era meu rival, mas sempre amigo. Estou feliz, pois nunca havia estado no Kuait, então quando me convidaram eu nem hesitei. Além de poder ajudar Rafa, que investe muito no tênis, não apenas na Espanha, e acho muito importante apoiá-lo”.

“Não penso que ele me fez perder muitos títulos. O tênis me deu muito, estou muito feliz com tudo que conquistei. Na verdade, Rafa me ajudou muito, porque melhorei muito meu tênis ao ter ele do outro lado da rede. Ter alguém tão bom para enfrentar faz com que você se esforce e queira progredir mais e mais a cada dia”.

Por fim, o ex-tenista comentou o que mais sente falta no circuito... o do que não sente tanta falta assim. “Tenho saudade das conversas com meus companheiros, de fato. Agora, com família, tenho menos tempo para mim mesmo, pois a família é o principal. O que menos sinto falta é de viajar e da pressão que sentia antes das partidas. Agora tudo é mais relaxado. Quando você para de jogar, se dá conta de muitas coisas nas quais antes nem pensava e passa a valorizar mais todo o resto”.