X

Djokovic se emociona ao falar de Bryant: 'Quando precisei, ele estava lá'

Terça, 28 de janeiro 2020 às 09:00:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após bater o canadense Milos raonic em sets diretos pelas quartas de final di Australian Open, o sérvio Novak Djokovic conversou ainda em quadra com o norte-americano John McEnroe, que o convidou a falar sobre a homenagem que decidiu prestar a Kobe Bryant.



O astro do Lakers e bicampeão olímpico, faleceu no último domingo em um acidente de helicóptero que também vitimou sua filha Gianna Maria, de 13 anos, o treinador de basquete da filha, a esposa do treinador e a filha do treinador, colega de time de Gianna.

Djokovic, em mais de uma oportunidade, já havia se referido ao astro do basquete como "amigo e mentor" e entrou em quadra com as iniciais do de Bryant e os números de camisa eternizados pelos astros (8 e 24) bordados em seu agasalho, além de ter dedicado a vitória a Kobe e a filha.

O sérvio não segurou a emoção ao conversar com McEnroe: "É muito difícil saber o que dizer nesse momento. Pegou todo mundo de surpresa. Ele é um dos maiores atletas de todos os tempos. Ele inspirou a mim e muitas outras pessoas em todo mundo. Eu tive a sorte de ter uma relação pessoal com ele nos últimos 10 anos e quando eu precisei de algum conselho ou apoio, ele estava ali por mim. Ele é meu mentor, meu amigo. É de quebrar o coração ver o que aconteceu a ele e sua filha", disse sem conseguir terminar a frase tomado de emoção.

Confira o vídeo