X

Pavlyuchenkova vira sobre Kerber e busca semi em Melbourne

Segunda, 27 de janeiro 2020 às 08:23:25 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A russa Anastasia Pavlyuchenkova, 30ª, segue embalada na chave do Australian Open e bateu sua segunda ex-número 1 do mundo em sequência ao virar batalha contra a alemã Angelique Kerber e voltar às quartas de final do Australian Open.



Vindo de vitória sólida sobre a ex-número 1 a tcehca Karolina Pliskova, Pavlychenkova esteve sólida por 2h37 para virar o placar em 6/7 (5) 7/6 (4) 6/2 tendo disparado quatro aces contra dois da alemã, que cometeu seis duplas-faltas contra três da russa, que cometeu 36 erros não-forçados contra 29 de Kerber, que disparou 35 bolas vencedoras contra 71 de Nastia.

A russa teve um início de partida mais sólido, fez 3/1 no primeiro set trabalhando bem na devolução e quebra no terceiro game, mas viu a alemã não se dar por vencida, alongar os pontos e trabalhar firme com forhand para trocarem quebras no sétimo e oitavo games e igualar o placar quebrando o saque da russa no décimo game, quando sacava para a parcial. Kerber forçou o tiebreak, onde saiu sofrendo a mini-quebra, mas buscou a reação, forçou a decisão por parte de Palyuchenkova, que cometeu erros e perdeu a parcial.

O segundo set foi muito equilibrado, com as duas tenistas confirmando com muita solidez seu game de saque. Pavlyuchenkova chegou a ter dois breakpoints que eram setpoints no décimo game, um novo setpoint no décimo segundo game, mas Kerber resistiu com saque tático e levou a disputa para o tiebreak. Ali, uma sequência de erros das duas tenistas determinou o empate por parte da russa.

Motivada por ter resistido a alemã e suas investidas táticas, Pavlyuchenkova abriu 4/0 com quebras no primeiro o terceiro games, jogou mal e foi quebrada no sexto game, mas voltou a quebrar o saque da alemã e fechou com ace a partida.

Jogando as quartas de final do Australian Open pela terceira vez na carreira, Pavlyuchenkova busca sua melhor campanha em Melbourne e para isso precisará superar uma nova ex-número 1, a espanhola Garbiñe Muguruza, que vem de vitória em um duplo 6/3 sobre a holandesa Kiki Bertens.