X

Kyrgios vence duelo dramático com Khachanov e encara Nadal

Sábado, 25 de janeiro 2020 às 09:43:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em um duelo dramático e intenso na  Melbourne Arena lotada, o australiano Nick Kyrgios, 26º da ATP, venceu o jogo mais longo de sua carreira ao bater o russo Karen Khachanov, 17º, e desafia o número 1 do mundo, Rafael Nadal, nas oitavas de final.



Kyrgios batalhou por 4h25 para fechar o placar em 6/2 7/6 (5) 6/7 (6) 6/7 (6) 7/6 (8) tendo disparado 33 aces contra 21 do russo, que cometeu 44 erros não-forçados contra 52 do australiano, que disparou 97 bolas vencedoras contra 75 de Khachanov.

O primeiro set teve um claro domínio do australiano, que sacando firme e encurtando golpes venceu quatro games em sequência com quebras no quarto e sexto games. Na setapa seguite, equilíbrio levou os tenistas, sem quebra para o tiebreak, onde o saque do australiano fez a diferença.

Na terceira etapa, Kyrgios tinha tudo sobre controle, 4/2 acima com quebra no quinto game, mas tomou a devolução no oitavo game, viu o russo levar a disputa para o tiebreak, ali salvar o primeiro match-point da partida e forçar o quarto set.

Ali, novo equilíbrio na disputa, onde Kyrgios foi o único ameaçado, no sétimo game salvou dois breakpoints, foi para o tiebreak, onde viu o russo salvar novo match-point ao slavar tentativa de lob e forçar o set decisivo.

Empurrado pela torcida, inspirado no saque, Kyrgios tentou pressionar Khachanov sem sucesso, a disputa foi sem quebras para o super-tiebreak. Kyrgios abriu 3/0, mas viu o russo igualar o placar, arriscar e após o australiano ri bem na rede, aplicou a paralela de backhand e chegou ao match-point, desta vez convertido em erro no forehand de Khachanov.

Após o drama, ainda em quadra, Kyrgios aproveitou a conversa com o ex-numero 1 do mundo Jim Courier para agradecer o apoio sonoro e intenso da torcida e ainda contou arrancando risos do público: "Eu saltei pro último saque e senti uma dor, nem sei onde foi, sinto como se cada uma das minhas pernas pesasse 40 quilos. Se não fosse por vocês, nem sei como chegamos até aqui".

Kyrgios também rendeu-se elogios ao rival, que saiu de quadra ovacionado pelo público: "Ele é um jogador incrível, nós o vimos aqui. Ele é mais novo que eu e tem essa carreira fantástica já. Ele merece cada aplauso e nossa admiração, é um jogador talentoso e lutador. Como ele luta!". 

Nas oitavas de final, Kyrgios encara Rafael Nadal, que vem de vitória sobre o compatriota Pablo Carreño Busta, a quem enfrentou em oito oportunidades e venceu três destes duelos.

Mais em breve