X

Fognini controla Pella e tem 1ª vitória tranquila no Australian Open

Sexta, 24 de janeiro 2020 às 07:55:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Demorou, mas o italiano Fabio Fognini, 12º da ATP, finalmente encontrou uma vitória tranquila na chave do Australian Open ao bater o argentino Guido Pella, 25º, na terceira rodada do torneio e nas oitavas encara o norte-americano Tennys Sandgren.



Vindo de duas vitórias conquistadas em cinco sets, Fognini precisou de 2h11 para fechar o placar em 7/6 (0) 6/2 6/3 tendo disparado 11 aces contra sete de Pella, que cometeu uma dupla-falta contra cinco do italiano, que cometeu 40 erros não-forçados contra 30 do argentino, que disparou 15 bolas vencedoras contra 46 de Fognini.

Cabeça de chave 12, Fognini começou o jogo salvando dois breakpoints no segundo game, tentou pressionar, mas viu o argentino salvar sua única chance de quebra da primeira etapa no sétimo game e seguiu confirmando saque até o tiebreak. Ali, o saque tático de Pella não funcionou, Fognini aproveitou para arriscar na devolução, abriu 5/0 com três mini quebras e sacou firme para sair em vantagem.

Na segunda etapa, a partida foi equilibrada, com o italiano perdendo mais pontos em seu game de saque, ao cometer erros. Pella tentou se segurar diante do backhand do italiano, que trabalhou bolas cruzadas, convertendo quebra no sexto game e controlando a disputa vencendo cinco games consecutivos com nova quebra no oitavo game para fechar a disputa.

No terceiro set, os jogadores mostraram-se um pouco cansados, erráticos, mas buscando alongar pontos. o resultado disso foi uma sucessão de quebras entre o quarto e oitavo games, o que deu vantagem ao italiano, que com 5/3 no placar sacou sólido para a vitória.

Nas oitavas de final do torneio, Fognini busca vaga nas quartas de final contra o norte-americano Tennys Sandgren, que venceu o duelo contra o compatriota Sam Querrey, em um triplo 6/4.

Fognini e Sandgren já se enfrentaram três vezes no circuito profissional, com duas vitórias do italiano, que perdeu justamente o último encontro entre eles, válido pela terceira rodada de Wimbledon em 2019.