X

Tiley responde críticas ao Australian Open: ‘As condições não eram perigosas’

Sexta, 17 de janeiro 2020 às 09:59:38 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A baixa qualidade do ar na cidade de Melbourne tem sido alvo de constantes críticas de muitos atletas que foram obrigados a fazer suas partidas no qualificatório durante o dia em que a situação esteve em estado crítico.



Na madrugada desta sexta-feira, o presidente da Tennis Australia e diretor do Australian Open, Craig Tiley, explicou a decisão de ter realizado as partidas e defendeu-se das acusações garantindo que as condições não eram prejudiciais.

“Muito se especulou sobre as condições e um possível adiamento do torneio, mas o torneio está seguro e em andamento. As condições do primeiro dia do qualifying não eram perigosas. Nossa equipe médica estava satisfeita com elas e não acredito que tenhamos colocado ninguém em perigo”, assegurou em conferência de imprensa.