X

Pliskova cruza com Svitolina. Halep tem Sharapova na chave em Melbourne

Quinta, 16 de janeiro 2020 às 07:10:28 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Atual semifinalista do torneio, a tcheca Karolina Pliskova é a segunda principal favorita ao título na edição 2020 do Australian Open. Aos 27 anos de idade, a tenista terá uma chave desafiadora pela frente.



Abrindo o torneio contra a francesa Kristina Mladenovic, Pliskova tem na segunda rodada a vencedora do embate entre a norte-americana Coco Vandeweghe e a alemã Laura Siegemund. Para a terceira fase, o principal nome a aparecer é o da russa Anastasia Pavlyuchenkova.

As coisas começam a complicar nas oitavas, com a presença de Marketa Vondrousova, da República Tcheca, e da campeã do torneio em 2016, a alemã Angelique Kerber. Para as quartas, o principal nome é o da ucraniana Elina Svitolina, que apenas deverá ter problemas contra Anastasija Sevastova, Kiki Bertens e a jovem norte-americana Amanda Anisimova.

No cruzamento da semifinal, apenas nomes de peso. Quem encabeça o segundo quadrante é a romena Simona Halep, vice-campeã em 2018, que estreia diante da norte-americana Jennifer Brady. Na segunda fase, a romena terá a japonesa Misaki Doi ou uma tenista vinda do quali.

Na terceira rodada, aparece o nome da norte-americana Danielle Collins, enquanto para as oitavas as favoritas são a tcheca Karolina Muchova e a belga Elise Mertens.

Para as quartas de final, as opções são muitas. Sexta favorita, a suíça Belinda Bencic lidera a segunda metade do quadrante e estreia contra Anna Schmiedlova, podendo enfrentar Jelena Ostapenko na segunda rodada.

Pouco mais abaixo, a 19ª favorita Donna Vekic tem uma estreia duríssima contra a russa Maria Sharapova. A vencedora deste confronto poderá cruzar com Aryna Sabalenka, 11ª cabeça de chave, nas oitavas e com Bencic nas quartas.