X

Pliskova salva match-point e decide título em Brisbane contra Keys

Sábado, 11 de janeiro 2020 às 10:30:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

No duelo entre duas ex-números 1 do mundo na semifinal do WTA Premier de Brisbane, na Austrália, melhor para a tcheca Karolina Pliskova, atual número dois, que salvou match-point da japonesa Naomi Osaka, quarta, e se garantiu na grande final.



Pliskova precisou de 2h49 para fechar o placar de virada em 6/7 (10) 6/7 (3) 6/2 tendo disparado 15 aces contra 16 da japonesa, que cometeu quatro duplas-faltas contra seis da tcheca, que venceu 76% dos pontos jogados em seu primeiro serviço contra 68% de aproveitamento da japonesa, que teve o ponto para fechar a partida no décimo segundo game da segunda etapa, logo após quebrar o saque de Pliskova, mas não sustentou a vantagem, foi quebrada, dominada no tiebreak e no set decisivo.

Após a partida, as duas tenistas conversaram com a imprensa e concordaram que foi "um grande jogo". "Estou especialmente orgulhosa de ter me mantido no jogo porque eu perdi o primeiro set de um jeito muito ruim, pois foi muito apertado e muito nervoso. Mantive a positividade, me mantive sempre perto dela [no placar], mesmo quando ela me quebrou após o 5/5 [do segundo set], eu segui lutando e esta foi a coisa mais positiva de hoje", comentou Pliskova.

Elogiada pela rival, principalmente por seu nível de saque, Pliskova chega à final em Brisbane pela terceira vez na carreira e encara a norte-americana Madison Keys, que venceu de virada a tcheca Petra Kvitova em 3/6 6/2 6/3.

Bicampeã em Brisbane (2019 e 2017), Pliskova busca o tri diante de Keys, que nunca fez final por ali.