X

Federer responde Greta Thunberg e diz que conversará com patrocinador

Sábado, 11 de janeiro 2020 às 09:53:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número três do mundo, Roger Federer emitiu um comunicado enviado à agência Reuters dando uma resposta ao movimento suíço abraçado pela ativista sueca Greta Thunberg, de 16 anos. O movimento pede a interrupção do acordo do tenista com um banco.



Leia Mais:

Greta ataca Federer

Federer se aproxima de ser o primeiro bilionário do tênis

 

A reclamação é de que o Credit Suisse, banco que Federer é um embaixador global, seria principal parceiro de 40 empresas com produção de combustíveis fósseis que causariam danos ao meio-ambiente. Greta abraçou a causa dos suíços nas redes sociais com a hashtag #rogerwakeupnow. 

“Levo muito a sério os efeitos e ameaças ao meio-ambiente desde que cheguei com minha família aqui na Austrália em meio à destruição causada pelos incêndios. Como pai de quatro filhos e apaixonado por advogar a educação universal, tenho grande respeito e admiração pelo movimento dos jovens pelo clima. Sou agradecido que os jovens ativistas estejam nos forçando a revisar nosso comportamento e ir em busca de soluções inovadoras. Estou bem ciente de minha responsabilidade individual e como atleta interpretando e queria usar essa posição privilegiada para o diálogo com meus patrocinadores sobre esses importantes assuntos".

Federer caminha para ser o primeiro bilionário do tênis chegando aos US$ 900 milhões em prêmios e patrocínios. Somente em 2019 foram mais de US$ 90 milhões.