X

Liderada por Fognini, Itália encerra participação vergonhosa dos EUA em Perth

Terça, 07 de janeiro 2020 às 10:45:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

E foi com três derrotas para a Itália comandada por Fabio Fognini, que a equipe norte-americana se despediu da ATP Cup, em Perth, na Austrália. Fognini atuou em simples e nas duplas para que seu país pontue para estar entre os melhores 2º colocados.



Na primeira partida do confronto, Stefano Travaglia, 82º da ATP, superou Taylor Fritz, 31º, após 1h42 com placar de 7/6 (3) 7/6 (1) tendo disparado 17 aces contra seis do norte-americano, que cometeu as duas duplas faltas da partida e venceu 68% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 94% do italiano, que perdeu quatro pontos neste fundamento em todo o jogo.

Na sequência, Fognini, 12ª, precisou de 1h29 para superar John Isner, 19º, com placar de 6/4 7/6 (5) tendo disparado sete aces contra 15 do grandalhão norte-americano que venceu 69% dos pontos jogados com seu primeiro serviço diante e 98% de aproveitamento do italiano, que perdeu em todo o jogo um ponto neste fundamento.

Já garantida na segunda colocação do grupo D, atrás da Rússia, os italianos entraram na disputa de duplas para somar uma pontos e escalou a dupla campeã do Australian Open em 2015, com Simone Bolelli e Fognini, que precisou de 1h47 para superar a parceria de Rajeev Ram e Austin Krajicek por 6/4 6/7 (5) 10/3.

Em toda a competição, os norte-americanos venceram com Fritz no duelo contra a Noruega e nas duplas contra a Rússia.