X

Ralff Abreu segue para Garopaba (SC) após 4ªs em Balneário Camboriú

Terça, 10 de dezembro 2019 às 08:55:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Ralff Abreu,  niteroiense, ex-top 10 mundial, atleta patrocinado pela Prevident e Dropshot e com apoios da Alero Style e Clínica de Vacinação Prophylaxis, fez boa campanha no último final de semana no torneio mundial de Balneário Camboriú (SC) parando nas quartas de final do evento com premiação de US$ 10 mil.

 



Jogando ao lado de João Lauro Carneiro, do Rio de Janeiro, o atual 52º do mundo venceu duas partidas na chave principal e caiu por 7/5 6/2 nas quartas de final diante dos italianos Alessandro Calbucci, atual número 1 do mundo, e Tomaso Giovannini, 5º do ranking: "Foi uma pena porque tivemos quebra a frente no primeiro, não conseguimos fechar game importante por detalhe . Estamos jogando bem, em Buenos Aires também paramos nas quartas e seguimos confiantes para Garopaba", disse Ralff que viaja na quinta-feira para mais este torneio do circuito mundial que tem premiação mais elevada, de US$ 15 mil, atuando ao lado de Carneiro. A competição começa na sexta-feira.

 

Após o evento catarinense ele segue com o russo Ivan Syrov para Plettenverg Bay, na África do Sul, evento com premiação de US$ 35 mil. 


"Com os últimos resultados já devo voltar ao top 50 nas próximas semanas (ranking do Beach Tennis é atualizado duas semanas depois) e o objetivo é ir bem nessas competições e fechar no top 30", afirmou Ralff.  

 

Sobre Ralff Abreu

 

Ralff Abreu, nascido em Niterói, em fevereiro de 1983, foi tenista e começou no Beach Tennis em 2011. Tem 14 títulos nível mundial ITF na carreira.

Em 2017, ao lado de Diogo Carneiro, teve seu melhor ano alcançando o top 10 do ranking mundial. Foi campeão do ITF de João Pessoa (PB), Maceió (AL), Balneário Camboriú (SC), São Miguel do Gostoso (RN), foi vice-campeão em Guadalupe, Niterói (RJ), vice-campeão Mundial pela Seleção Brasileira por Equipes na Rússia, semifinalista do Mundial de Duplas em Cervia, na Itália.Em 2016 foi campeão Pan-Americano em Aruba e em 2017 venceu a Nations Cup, a Copa das Nações, contra a Itália, no mesmo país.
Em 2019 foi vice-campeão no ITF de Brusque (SC) e campeão no ITF de Niterói (RJ).