X

Maior vencedor do circuito no ano sequer jogou uma partida de nível ATP

Quinta, 05 de dezembro 2019 às 17:04:58 AMT
Tênis Profissional

Enquanto no circuito ATP muito se falou sobre os tenistas que ultrapassaram as 50 vitórias no ano, um pouco mais abaixo nos rankings um homem rompeu a barreira das 80 vitórias sem disputar um torneio da elite profissional.



Ainda que os torneios sejam de classes diferentes, todos contam pontos para o ranking da ATP, desde o circuito Future ao circuito Challenger. Foi nessas classes que o australiano Christopher O’Connel, de 25 anos, estabeleceu uma marca impressionante.

Tendo disputado 31 torneios em 2019 — nenhum deles de nível ATP ou Grand Slam — o tenista fez 14 finais no total, saindo com três títulos em Futures e dois em Challengers. Ao início da temporada, seu nome sequer constava no ranking da ATP e agora, ao final do ano, ocupa a 120ª posição.

Apenas a título de comparação, em 2005, ano que conquistou 11 títulos, o suíço Roger Federer obteve 81 vitórias. Em seu ano mais vitorioso, 2006, atingiu a marca de 92 triunfos. O espanhol Rafael Nadal também fica com números parecidos, tendo 79 vitórias em 2005 (ano em que também conquistou 11 títulos); 82 triunfos em 2008 (ano que chegou à liderança do ranking pela primeira vez); e 75 vitórias em 2010, segundo ano mais vitorioso de sua carreira, com 10 títulos.