X

ATP Cup obrigará WTA de Brisbane a abrir mão de quadra central em 2020

Quinta, 28 de novembro 2019 às 10:10:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O mês de janeiro de 2020 receberá a primeira edição da novíssima ATP Cup, uma alternativa da ATP à recentemente reformulada Copa Davis. Embora a ideia seja boa para os tenistas da entidade, prejudicará o andamento do mais importante WTA do mês.



Programada para acontecer entre os dias 3 e 12 de janeiro, a ATP Cup dividirá sua segunda semana com o WTA Premier de Brisbane, maior evento preparatório para o Australian Open no circuito feminino, realizado entre 6 e 12 de janeiro. Vale lembrar que a competição masculina será dividida entre as cidades de Brisbane, Sydney e Perth.

O conflito acontece, pois, a ATP Cup escalou dois grupos da primeira fase da competição para atuar em Brisbane entre sexta e quarta-feira (3 a 8 de janeiro), o que obrigará o torneio feminino a abrir mão de sua quadra central, atuando apenas nas secundárias até a quinta-feira.

O que torna a situação toda injusta é o fato de que, ao mesmo tempo que Novak Djokovic, Alexander Zverev, Stefanos Tsitsipas, Denis Shapovalov, e outros grandes nomes iniciarão sua temporada na quadra central de Brisbane, o torneio feminino conta com Ashleigh Barty, Karolina Pliskova e Naomi Osaka, as três primeiras do ranking da WTA, além de nomes como Elina Svitolina e Venus Williams, todas tendo que atuar em quadras secundárias.