X

Verdasco protesta contra sua não-convocação para a Copa Davis

Segunda, 21 de outubro 2019 às 11:06:29 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O ex-top 7 e atual 40º, o espanhol Fernando Verdasco, não está nada contente com o capitão espanhol Sergi Bruguera, que o preteriu da convocação espanhola para a disputa da Copa Davis, que será realizada em novembro em Madri, na Espanha.



Enquanto boa parte do circuito busca não disputar o torneio no formato idealizado pela Kosmos, com a fase do Grupo Mundial disputada numa mesma semana e numa mesma cidade, Verdasco ficou irritado por não poder jogar em sua cidade natal e com sua torcida.

"Muito triste e decepcionado de não fazer parte da equipe da Copa Davis e que o capitão Sergi Bruguera não conte comigo. Tinha muita esperança  de jogar, possivelmente, minha última Copa Davis em minha cidade (madri). Obrigado a todos que acreditam em mim", escreveu o espanhol em sua conta no Twitter.

Verdasco estreou na equipe espanhola na Copa Davis em 2005 e desde então foram 19 convocatórias. Seu recorde é de 18 vitórias e 13 derrotas, sendo nove vitórias em simples e cinco derrotas e outras nove vitórias nas duplas e oito derrotas.

Fernando Verdasco conquistou três dos cinco títulos da Espanha na competição. Na final em 2008, Verdasco foi o principal agente da equipe espanhola que virou sobre a Argentina, em Mar Del Plata, para a definição do título. Nas duplas ao lado de Feliciano López, Verdasco desempatou o confronto e foi para o quarto jogo diante de Jose Acasuso para numa batalha de cinco sets em 3/6 7/6 (1) 4/6 6/3 6/1 dar a vitória aos espanhóis. Em 2009,  a história se repetiu e ao lado de Feliciano marcou o ponto nas duplas que deu título ao país contra a República Tcheca que perdeu de 5/0. Em 2011, mais uma vez diante da Argentina, Verdasco jogou ao lado de Lopez, mas registraram a única derrota espanhola naquela final.