X

Mãe de Djokovic dispara: 'As pessoas não gostam dele na era Federer e Nadal'

Sexta, 18 de outubro 2019 às 11:33:19 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A revista GQ da India entrevistou a mãe do número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, Dijana Djokovic na qual falou de aspectos mentais de treinamento do filho e do fato de entender que o tratamento dado ao filho em comparação a Federer e Nadal



Questionada sobre os dois match-points salvos pelo filho na final de Wimbledon e de como viveu aquele momento, Djokovic:  "Eu cruzei os dedos e orei a Deus. Disse a mim mesma: 'Você já fez isso duas vezes antes.  No US Open 2010 e 2011, foi igual'. Nas semifinais, Roger Federer teve dois match-points e Novak deu a volta. Foi muito intenso e toda a torcida estava com Federer. Talvez há 10 anos, foi difícil contra [Rafael] em 2012 na final do Australian Open. Mas foi físico. Esta foi mental", pontuou revelando que para o filho é "especial" enfrentar Nadal e Federer.

Mãe orgulhosa, Dijana pontua que seu momento favorito foi a primeira conquista do filho em Wimbledon, em 2011. "Foi especial porque ele ergueu o troféu com o qual sonhou desde menino".

Perguntada se ela sentia que a torcida mundial relega o filho em detrimento de Federer e Nadal; "Sim. Eu sinto isso. Sinto na Austrália, Nova York , Londres. Sinto menos em Paris. Ele roubou seus corações quando começou a falar francês. Ele é uma boa pessoa, educado e trabalha duro. Mas as pessoas não gostam porque ele está jogando na era de Federer e Nadal. Quando ele era o número três, estava ok, estes caras eram os números um e dois, mas quando ele tornou-se o número 1, provavelmente, foi difícil de suportar. Eu também sofro. Eles respeitam seu sucesso e o que ele está fazendo. Mas se você o coloca contra Federer, a torcida vai para Federer. Por outro lado, isto seu a ele ainda mais força e poder para vencê-lo", opinou.