X

Wawrinka: o terror dos líderes do ranking, mas apenas em Slams

Segunda, 02 de setembro 2019 às 00:39:41 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Na madrugada deste domingo o suíço Stan Wawrinka garantiu sua vaga nas quartas de final do US Open após a desistência do sérvio Novak Djokovic. A vitória contribuiu para o aumento de uma marca curiosa do suíço.



Ex-número três do ranking e dono de três títulos de Grand Slam, o número dois da Suíça tem um recorde de 17 derrotas em 17 partidas contra tenistas número 1 do mundo nos demais torneios do circuito da ATP.

Nos Grand Slams, no entanto, o quadro é diferente. A vitória deste domingo foi a quinta do suíço em 9 jogos contra líderes do ranking. Curiosamente, em três dessas vitórias o suíço obteve seus títulos de Slam: Australian Open 2014 contra Rafael Nadal, Roland Garros 2015 contra Novak Djokovic e US Open 2016, também contra Djokovic.

As outras duas vieram em Roland Garros 2017, diante de Andy Murray na semifinal, acabando derrotado por Rafael Nadal na decisão; e neste domingo nas oitavas de final do US Open 2019, em uma reedição da final de 2016, que havia sido o último embate entre os dois.