X

Djokovic volta a sentir o ombro, mas triunfa em Nova York

Quarta, 28 de agosto 2019 às 22:47:12 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em um jogo bastante atípico para uma rodada inicial sua, o sérvio Novak Djokovic precisou trabalhar bastante para garantir sua ida à terceira rodada da edição 2019 do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada.



Enfrentando o argentino Juan Ignacio Londero, 56º do ranking, o número 1 do mundo teve alguns fundamentos de seu jogo bastante afetados pelo problema no ombro que o persegue, como ele comentou ao fim da partida, e precisou de irregulares 2h15 para sair com a vitória por 6/4 7/6(3) 6/1.

Principal favorito ao título, atual campeão e buscando seu tetracampeonato, o sérvio agora espera pelo vencedor do duelo entre seu conterrâneo e cabeça de chave número 26, Dusan Lajovic, e o norte-americano Denis Kudla, partida adiada para esta quinta-feira em razão da chuva.

 

O jogo

Djokovic começou a partida com dificuldades, sofrendo uma quebra de saque no quinto game ainda. No game seguinte, o sérvio precisou de seis break-points para devolver a quebra. A parcial seguiu empatada até o décimo game, quando houve nova quebra a favor do número 1 para fechar o set em 6/4.

A segunda parcial foi bastante bagunçada, Djokovic saiu quebrado no primeiro game e sofreu outra quebra em seguida. Recuperado, devolveu as duas quebras e anotou mais uma, sacando para o set em seguida. Quebrado novamente, a definição foi para o tie-break, onde o sérvio prevaleceu por 7-3.

Dois sets na frente, Djokovic saiu quebrando no terceiro set. Quebrado em seguida, o sérvio anotou outras duas quebras e fechou em 6/1.