X

Não sei como fiz isso, diz o incrédulo Medvedev

Sábado, 17 de agosto 2019 às 21:45:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tenista russo Daniil Medvedev, número oito do mundo, revelou, ainda em quadra em entrevista para Brad Gilbert, da ESPN, que não sabe de onde tirou forças para virar contra Novak Djokovic, líder do ranking e atual campeão do Masters 1000 de Cincinnati, nos EUA.



Ele marcou 3/6 6/3 6/3 sobre o sérvio em sua segunda vitória seguida contra ele e terceira final: "Para ser honesto não sei como fiz isso.Estava tão cansado no primeiro set e jogando contra Novak e pensei que não seria capaz de manter a intensidade. Depois o momento mudou no segundo set e fez a diferença, o público me deu tanta energia", disse o russo que comentou sobre o serviço principalmente o segundo onde arriscou e aplicou alguns aces.

"Normalmente vou forte pro segundo saque e quando não funciona Novak destrói como no primeiro set. No momento eu disse a mim porque ir normal no segundo saque se perderia o ponto. Passei a vencer mais depois disso".

Medvedev brincou com a sina de derrotas nas duas finais nas semanas anteriores: "

"Preciso vencer (risos). Na verdade minha mentalidade é a mesma em todo jogo, desde a primeira rodada porque sempre digo que se perder na estreia não chegarei na final, então porque pensar diferente ? Falando sobre a final contra o Rafa, foi bem dura. Eu diria na verdade que não tenho ressentimentos. Se tivesse perdido 7/6 no terceiro estaria sentado aqui dizendo que tive chances, tive zero chances. Contra o Nick (Kyrgios, em Washington) tive chances e não converti. Amanhã irei lutar e estarei pronto para a batalha e espero vencer".