X

Medvedev sobre Djokovic: 'Não suporta perder. É provável queira se vingar'

Sábado, 17 de agosto 2019 às 09:35:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após superar seu compatriota Andrey Rublev, o russo Daniil Medvedev conversou com os jornalistas e confessou que é difícil enfrentar com patriotas. Medvedev encara na próxima rodada o sérvio Novak Djokovic, a quem prega respeito.



Vindo das finais de Washington e Montreal, o russo confessou estar cansado, mas explicou que tem tentando focar-se jogo a jogo e destacou o fato de que tem feito jogos em dois sets. "Inclusive os dois que perdi foram assim, derrotas contundentes. Não duvido que um jogo que se resolva em 7/6 no terceiro me faria sofrer muito, mas me sinto bem em relação com meu tênis e isso me dá confiança", resumiu.

Questionado se estar no top 10 muda as coisas e as perspectivas do esporte, o russo opinou: "Não, tudo é igual. Além da vantagem nos sorteios de chave, porque é um alívio quando sabes que não enfrentará os melhores até as rodadas finais. Mas sim, eu observo uma atenção maior por parte dos organizadores dos torneios, é como se cuidassem mais. Por exemplo, em Washington, o torneio me deu um carro para que eu pudesse me locomover como mais liberdade. Acredito que estes são privilégios que nós conquistamos com trabalho árduo", analisou o russo que pontua que para seguir entre os melhores precisa ter atuações como suas recentes, com consistência por semana consecutivas.

Sobre o duelo contra Djokovic, Medvedev opinou: "Ele é o grande favorito. Não serei eu aquele que vai descobrir suas qualidades agora. Tenho um grande respeito por Djokovic", pontuou ele que superou o sérvio este ano na chave do Masters 1000 de Monte Carlo. "Pra mim, ele estará muito motivado. Este tipo de jogador não suporta perder e é provável que ele queira vingar este jogo e demonstrar porque é o número 1 do mundo".