X

Djokovic sente o cotovelo, mas vai à semi e encara embalado russo

Sexta, 16 de agosto 2019 às 23:42:39 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 1 do mundo, Novak Djokovic teve incômodo no primeiro set e com o cotovelo no meio da segunda parcial, mas avançou às semifinais do Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, evento sobre o piso rápido com premiação de US$ 6 milhões.



O sérvio superou o francês Lucas Pouille,31º do mundo, por 2 sets a 0 com parciais de 7/6(7/2) 6/1 aopis 1h26min de duração. Nole fez um winner a menos 18 a 17 e errou sete a menos, 22 a 15 para o francês.

Ele atinge sua 63ª semifinal de Masters 1000 e segue em busca de seu 34º título e segundo seguido em Ohio - maior vencedor é Rafael Nadal com 35.

Seu rival será o embalado russo Daniil Medvedev, oitavo colocado, que fez final em Washington e Montreal, no Canadá, nas duas últimas semanas e soma 12 vitórias nos últimos 14 jogos. Medvedev passou fácil por 6/2 6/3 contra o compatriota Andrey Rublev que vinha de bater Roger Federer. O jogo ocorre às 19h deste sábado. Djokovic lidera por 3 a 1 os confrontos. Medvedev venceu a última no saibro de Monte Carlo este ano.

O jogo

Djokovic teve um primeiro set com problemas onde Pouille usou a tática de chamá-lo para a rede seja com curtas ou slices no meio da quadra. E assim foi levando saque a saque até o tie-break onde errou bastante e viu Nole abrir larga vantagem e concluir sem sustos.

Djokovic começou quebrando no segundo set, abriu 2/0, mas ao dar um saque sentiu o cotovelo, pediu atendimento na virada de lado. No retorno quis apressar as coisas, devolveu firme e não deu chances quebrando Pouille de novo para a vitória.