X

Djokovic: 'O placar não apresenta o quão difícil foi o jogo'

Sexta, 16 de agosto 2019 às 07:55:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O sérvio Novak Djokovic, líder do ranking da ATP, falou sobre sua vitória diante do espanhol Pablo Carreño Busta no Masters de Cincinnati, nos Estados Unidos, e falou sobre as dificuldades, inclusive de enfrentar torcida contra.



"Não acredito que o placar apresente o quão difícil foi o jogo. Fui muito combatido. Saquei muito bem, certamente meu melhor golpe nesta noite e cerca de 70% dos pontos jogados com o meu primeiro serviço. O saque me tirou de muitos problemas no segundo set quando tive que enfrentar vários breakpoints. Ele esteve muito sólido, já que havíamos jogado em algumas ocasiões e sabia a qualidade que tem, mas hoje me surpreendeu a agressividade com que jogou na linha de base. Em quanto tinha opção de buscar me fez muitos danos com seu forehand e backhand. Foi duro, me obrigou a jogar em um nível muito alto de consistência durante o encontro.  Me vi jogando em dois níveis acima do que joguei contra [Sam] Querrey, estou contente de me ver na boa direção e preparado para o próximo desafio", resumiu o sérvio.

Questionado sobre o apoio da torcida ao espanhol, Djokovic pontuou: “É o que é, as vezes você tem parte da multidão te animando e em outras ao seu rival, é algo normal, algo que mais ou menso experimentamos a cada jogo. Tento me focar no que necessito ter e tento extrair a energia positiva da torcida também, usá-la a meu favor. Mesmo que nem sempre é fácil, suponho que este é o caminho certo".