X

Nadal garante que segredo de seu sucesso é a humildade em quadra

Domingo, 11 de agosto 2019 às 21:56:58 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em um dia histórico para o tênis, o espanhol Rafael Nadal se isolou como maior vencedor de torneios Masters 1000 na história e conquistou seu quinto título no Masters canadense. Em coletiva, o vice-líder do ranking comentou acreditar que a humildade seja a chave para o sucesso.



“No esporte, não podemos baixar a guarda, pois tudo muda muito rápido. Quando estamos em um torneio Masters 1000 todas as partidas são complicadas, todos os jogadores têm potencial para causar problemas, todos são perigosos. Inclusive quando você está ganhando por 6/3 4/0, como hoje, sei que tenho uma vantagem, mas sei que não posso estar totalmente tranquilo ou seguro da vitória. Provavelmente seja essa a razão do sucesso em minha carreira, nunca sou confiante demais nas partidas. Respeito sempre cada situação, cada oponente, sempre tenho 100% da minha atenção em quadra”, confessou.

Após conquistar seu quinto título em solo canadense, Nadal foi questionado sobre qual mensagem mandaria para si mesmo quando venceu o torneio pela primeira vez, em 2005. “Diria que ele mandou muito bem”, disse, aos risos. “Então, provavelmente seja melhor que Rafa não ouça meu conselho. Creio que as palavras são importantes, mas o mais importante é o que você tem ao seu redor, as pessoas que te acompanham no dia a dia. É o melhor conselho possível. Sempre estive rodeado de boas pessoas e grandes profissionais que me ajudaram em tudo. Acho que fui suficientemente humilde e inteligente para ouvir essas pessoas que são maiores que eu e possuem um maior conhecimento da vida e do tênis”.

Por fim, o espanhol ainda falou sobre a redução de seu calendário. “Já não jogo mais muitos torneios. Apenas entro em quadra quando me sinto saudável, quando realmente quero jogar. Honestamente, preciso pular algumas semanas porque tive mais lesões do que gostaria. Esse foi meu principal problema. Quando vem uma lesão, é preciso recuperação, cuidar de cada movimento e isso leva dias. Mentalmente é frustrante. Agora estou tentando evitar certas coisas. Se jogo bem e venço mais partidas, sempre tenho maiores oportunidades de confeccionar o calendário do meu jeito”.