X

Brasil estreia no Mundial de 14 anos em Prostejov

Domingo, 04 de agosto 2019 às 23:52:03 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tênis brasileiro terá um grande desafio na próxima semana. Entre 5 e 10 de agosto, Prostejov, na República Tcheca, será palco da disputa do Mundial 14 anos, em que o Brasil se classificou com equipes no masculino e no feminino. O tradicional evento do calendário infantojuvenil internacional já recebeu alguns dos principais nomes da modalidade.



O time brasileiro será composto por Gustavo Tedesco (RS), Lucas Silva (SP) e William Norton (MG), com Santos Dumont como capitão no masculino. Os garotos estão no Grupo A, que tem Austrália, Romênia e República Tcheca, contra quem estreiam nesta segunda-feira.

As garotas, lideradas pelo capitão Roberto Carvalho, terão na equipe Amanda Oliveira (RS), Carolina Laydner (SC) e Isabelle Torres (PR). A estreia nesta segunda-feira é contra a Ucrânia. No mesmo grupo também estão Suíça e África do Sul.

As equipes do país garantiram a classificação para o Mundial após a ótima participação no Sul-Americano disputado em maio na Colômbia, em que as garotas terminaram na primeira colocação e os garotos no segundo lugar. Ao todo, apenas 16 times em cada categoria competem na fase final do Mundial. No entanto, foram 177 equipes de 97 países que tentaram conquistar vagas nos torneios classificatórios.

"Nossas expectativas são muito boas. Sabemos que será um torneio muito difícil, já que os melhores do mundo nesta categoria estarão na competição. Nosso objetivo é ser um time competitivo e buscar a melhor posição possível. Dentro da competição vamos ter um parâmetro melhor de onde podemos chegar", analisa Roberto Carvalho, capitão da equipe das garotas.

As equipes serão divididas em quatro grupos, em que os dois primeiros colocados avançam às quartas de final. A partir disso, os times se enfrentam em confrontos eliminatórios até que sejam definidos os campeões. O congresso técnico que definirá a composição dos grupos será no domingo. 

Thomaz Koch, um dos maiores nomes da história do tênis nacional, é o chefe da delegação. Além de compor a equipe oficial, ele poderá compartilhar com os jovens atletas brasileiros a experiência de anos competindo no circuito internacional.