X

Federer celebra atuação e diz que rival perguntou preço da aula

Segunda, 08 de julho 2019 às 18:11:23 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista após a acachapante vitória sobre o italiano Matteo Berrettini por 6/1 6/2 6/2, Roger Federer comentou que Matteo Berrettini o perguntou o valor da aula que havia recebido. O suíço comemorou a atuação.



Foi a 99ª vitória do suíço em Wimbledon e vaga pela 17ª vez nas quartas de final.

"Me encontrei muito bem hoje. Levamos duas semanas do torneio etudo começa a ficar de forma mais natural. Todos sabemos como reage a superfície, como voam as bolas e todas essas coisas. Já podemos jogar mais perto das linhas. Hoje foi excelente. Esperava uma partida dura, sem muitas oportunidades e foi tudo o contrário, isso é genial", disse o suíço que comentou sobre sua parte física.

"Creio que agora tenho que aquecer muito mais do que fazia antes, o qual não é muito divertido. Gostava de ir adiante e abaico quando tinha 21 anos, mas agora passamos por toda a rotina. Imagino que ajude, assim o faço. Quando ficar chateado, deixarei o tênis,ou melhor, deixarei a rotina antes de deixar o tênis. Direi que agora tomo as coisas um pouco diferentes . Agora primo mais pela qualidade que a quantidade porque devo descansar o quando puder".

Federer encara o japonês Kei Nishikori na quarta-feira por vaga na semifinal e detalhou: "Será interessante, nunca o enfrentei na grama, mas não acredito que tenhamos surpresas entre os dois. Será uma partida com muitas trocas no fundo de quadra. É incrível a pouca quantidade de aces que vemos, será interessante me ver com um jogador de fundo, com menos aces".

Federer comentou que Berrettini o perguntou quanto deveria pagar pela aula que recebeu: "Encontrei com seu treinador no fim do jogoe me agradeceu, perguntei o porque e ele disse que havia sido uma grande lição para ele. Gosto dos italianos (risos). O importante é que não ficou muito chateado, é bom que olhe adiante. Há muitos bons momentos para ele na carreira. Lembro do US Open, perdi contra o Mirnyi em sets diretos quase de noite e fui ao McDonalds às 2 da manhã e perguntei ao meu técnico o que tinha acontecido. Algumas derrotas simplesmente não podem ser explicadas. O importante é dar o passo adiante,espero que o faça".