X

Nadal se vinga de Kyrgios em jogão e encara Tsonga na 3ª fase de Wimbledon

Quinta, 04 de julho 2019 às 16:16:03 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em seu segundo compromisso na edição 2019 do torneio de Wimbledon, o espanhol Rafael Nadal, atual número 2 do ranking e cabeça de chave número 3, foi levemente testado, mas conseguiu garantir sua ida à terceira rodada.



O triunfo suado veio diante do australiano Nick Kyrgios, 43º do ranking da ATP, em 3h03 de partida e com parciais de 6/3 3/6 7/6(5) 7/6(3). O resultado desempata o retrospecto entre os dois tenistas, que agora conta com 4 vitórias pro espanhol e três para o australiano. Nadal também se vingou das derrotas sofridas na final do ATP 500 de Acapulco neste ano e no torneio de Wimbledon em 2014, único outro encontro sobre a grama.

Seu próximo adversário na grama britânica será o francês Jo-Wilfried Tsonga, que passou tranquilamente pelo lituano Ricardas Berankis por 7/6(4) 6/3 6/3, em apenas 1h46 de partida. Será o 13º duelo entre os dois, tendo o espanhol vencido em 8 ocasiões. No entanto, o último encontro, em Xangai 2015, foi vencido pelo francês.

 

O Jogo

O espanhol abriu a partida já com uma quebra no segundo game. Com 3/0 no placar, apenas precisou administrar a vantagem sobre um Kyrgios inconstante e irritado pela demora do espanhol a se posicionar para receber os saques, para vencer por 6/3.

Com a cabeça no lugar após a perda do set, Kyrgios decidiu entrar no jogo e converteu uma quebra contra o espanhol já no segundo game. Nadal chegou a devolver a quebra no sétimo game, ficando 3/4 no placar, mas o australiano manteve o ritmo, quebrou novamente e sacou para fechar em 6/3 em seguida.

No terceiro set, o jogo de nivelou. Ambos conseguiram manter muito bem seus games de serviço, sem nenhuma chance de quebra, até a definição no tie-break, onde o espanhol dominou e levou a melhor por 7-5.

O quarto set manteve o mesmo panorama, mas desta vez Nadal conseguiu abrir 0/30 em alguns games de saque do australiano. Novamente sem chances de quebra, a definição foi para o tie-break, mas dessa vez o espanhol prevaleceu com mais folga, vencendo por 7-3.