X

Tsitsipas: 'É chato ver todos o Big Four ganhando o tempo todo'

Segunda, 17 de junho 2019 às 13:55:50 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista ao jornal britânico Metro, o grego Stefanos Tsitsipas, sexto do ranking da ATP, falou que acha "chato" o domínio do quatro grandes tenistas e assumiu a sua parte de culpa no fato da nova geração não conseguir fazer frente a eles.



O grego, campeão de Wimbledon Juvenil em 2016, foi confronto com a informação de que desde 2002 um tenista fora do Big Four [Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Andy Murray] não ganha Wimbledon. O último campeão foi o australiano Lleyton Hewitt, justamente em 2002, e neste ano, o torneio terá Djokovic, Nadal e Federer como os três principais favoritos.

"Eu acho que o vencedor virá desde três. Acho que um desde caras com saques incríveis potencialmente pode dar trabalho, talvez deem trabalho no começo.  No caso, se estes caras estão em forma e saudáveis e passam pelas primeiras rodadas, eu esperaria que um deles vencesse", analisou.

"Eu quero ser honesto. Eu adoraria ver algo diferente neste ano. Espero que possa ser eu, mas acho que é bom para o esporte ter um pouco de variedade, algo diferente. É chato ver todos esses caras ganhando o tempo todo", confessou o grego.

Tsitsipas concorda que a nova geração é responsável pela dominância do Big Four: "Nós somos responsáveis por isso também, a nova geração, trabalhar duro e acreditar em nós mesmos que podemos chegar a algo novo, criar nossos melhores jogos para vencer esses caras".

"Eu acho que é tudo uma questão de caráter e me sinto responsável pelo que estamos fazendo na quadra. Algumas pessoas não se sentem responsáveis. Eles não querem assumir a grande responsabilidade de sair e ganhar e dizer: "Vou superar todas essas dificuldades e vou vencer esses caras", seguiu.

Confiante, o grego assume uma responsabilidade: "Eu sinto que posso vencê-los. Meu jogo será melhor se alguns dos jogadores da Next Gen acreditarem que, se as gerações mais jovens pensarem positivamente, acho que podemos conseguir muitas coisas. Espero que isso aconteça em Wimbledon".