X

Murray desabafa: ‘Pensei várias vezes em me aposentar do tênis’

Domingo, 16 de junho 2019 às 16:04:53 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após muitos meses de dúvidas, agora é oficial: Andy Murray está de volta ao circuito ATP, pelo menos, e por enquanto, nas duplas. Nesta semana o britânico disputa o ATP 500 de Queen’s, na Inglaterra, e compareceu à sua primeira coletiva neste domingo.



“Não sei o que esperar, não tenho muitas expectativas para este torneio, já que é meu primeiro contato com as quadras em nível competitivo. Apenas o feito de poder entrar em uma quadra de tênis novamente, me sentindo bem e sem dor é o suficiente. Adoro competir, treinar, são muitas as coisas que não podia fazer até uns meses atrás e agora posso. Avancei muitíssimo nesse período”.

O ex-número 1 do mundo já deixou bastante claro que voltará aos poucos sem se forçar de mais, e externou seu foco. “O objetivo continua sendo voltar ao circuito de simples. É o que eu mais gostaria, mas tenho que seguir com precaução. Há uns dias conversava com minha equipe sobre a melhor forma de voltar às quadras e sentimos que jogar duplas seria uma boa opção para ver como me sentia, pois há menos carga no corpo, menos movimentação, ainda que demande reações muito rápidas. Me daria a informação sobre no que preciso melhorar”.

Embora agora esteja feliz, são e motivado, nem sempre o britânico conseguiu manter essa postura 100% positiva durante sua lesão. “No último ano e meio pensei várias vezes em me aposentar do tênis, já que não estava mais desfrutando do esporte. Agora, simplesmente gosto de jogar tênis. Sou o mesmo de sempre. Isso é que o tenho feito desde pequeno e é o que quero fazer pois gosto. Só penso em entrar em quadra e curtir cada momento”.

Apesar de estar apenas retornando ao circuito, Murray garante que vai buscar os grandes resultados. “Seria genial vencer Wimbledon e outros grandes torneios, mas apenas poucos tem esse privilégio. Não ficaria obcecado com isso, já que outros grandes jogadores também amam o tênis e não conseguiram vencer os títulos que perseguira, Claro que acho possível vencer Wimbledon, apenas é pouco provável, já que terei jogado poucas partidas e nas duplas, principalmente na grama, os pontos passam muito rápido”, avaliou.