X

'Estou feliz, é exatamente isso que eu queria', garante Ferrer

Quinta, 25 de abril 2019 às 16:42:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Quatro vezes vice-campeão do ATP 500 de Barcelona, o espanhol David Ferrer se despediu definitivamente do torneio nesta quinta-feira ao ser superado pelo compatriota Rafael Nadal nas oitavas de final. Ele falou sobre o sentimento de jogar ali pela última vez.



Veja mais:

'Feliz pela vitória, mas triste por dizer adeus a um bom amigo', diz Nadal

 

"Me sinto feliz, é exatamente isso que eu queria: terminar meus últimos jogos diante dos melhores tenistas possíveis. Finalizar contra Rafa aqui é a despedida perfeita. Este é um torneio muito emocionante para mim, perdi quatro finais aqui, mas o fato de ter sido capaz de competir assim no meu último ano me deixa maravilhado, embora hoje eu não tenha estado tão perto de vencer" disse depois da derrota por um duplo 6/3.

Sendo derrotado pelo próprio Nadal em todas as quatro decisões que disputou, David fez questão de enaltecer o público, que sempre o reverencia e que não fez diferente ao fim de sua 15ª e última participação.

"A ovação de hoje é insuperável. O fim do jogo, com o público gritando seu nome, é algo que me faz sentir orgulhoso de tudo o que tenho. Me sentir assim, tão amado, é o melhor que levo comigo. Esses momentos você nunca se esquece", disse.

Tendo marcado o Masters 1000 de Madri, daqui a duas semanas, como o local para colocar um ponto final em sua carreira, o veterano de 37 anos planejou seu futuro pós-tênis profissional.

"Vou jogar no circuito sênior, então tenho que continuar em forma. No dia seguinte à minha aposentadoria, irei para casa, me preparar, tomar café da manhã com meu filho, andar com meu cachorro e fazer alguns esportes. Isso é exatamente o que vou fazer. Tenho muitas coisas para fazer, muitas coisas para aprender, como o inglês (risos). Quando você tem uma família, você tem certeza de que não tem tanto tempo livre. Não há tempo para ficar entediado", finalizou o ex-número 3 do ranking mundial.

Veja o gesto de Ferrer ao fim da partida desta quinta: