X

Nadal, sobre Kyrgios: 'Não tem respeito pelo rival, pelo público, nem por ele'

Quinta, 28 de fevereiro 2019 às 11:31:16 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O espanhol Rafael Nadal, vice-líder do ranking, teve, na última madrugada, uma daquelas partidas para se lembrar por muito tempo. Ele desperdiçou três match points e caiu diante do australiano Nick Kyrgios em Acapulco. Rafa criticou as atitudes de Nick.



"Não acho que ele é uma pessoa má. Acho que ele é um bom menino, mas falta um pouco de respeito com o público, com o rival e com ele mesmo. É o que precisa melhorar. Ele venceu e eu desejo o melhor a ele", iniciou Nadal, não especificando a atitude do jovem de 23 anos que o deixou irritado.

A terceira derrota de Rafa em seis jogos contra Kyrgios foi numa batalha de 3h03, com as parciais de 3/6 7/6(2) 7/6(6). O Touro Miúra acredita que se o australiano tivesse melhor comportamento, conquistaria feitos bem maiores no circuito.

"Ele é um jogador de talento enorme, poderia estar ganhando Grand Slam ou brigando pelo número 1 do mundo. Porém, por causa de seu comportamento, está onde está", criticou o espanhol.

Por um outro lado, o australiano garantiu que foi um dos melhores jogos de sua carreira. Segundo o próprio, ele joga tênis para vivenciar estes grandes momentos.

"Adoro sair pra jogar essas grandes partidas. Foi uma das melhores atmosferas em que eu já joguei. Posso dizer que a torcida estava amando cada minuto daquela partida. É para isso que jogamos. Eles não ficaram em silêncio por um segundo sequer. Estavam gritando o nome de Rafa, gritando o meu nome. É um jogo que nunca vou esquecer", sentenciou.

Sobre as declarações do espanhol, Nick afirmou que não dará importância. "Ele não sabe o que passei em termos de lesões nos últimos tempos e não sabe nada de mim. Tenho a minha vida, ele tem a dele. Não vou levar em conta suas palavras", rebateu.

Buscando uma vaga nas semifinais do ATP 500, Kyrgios terá outro grande desafio pela frente. Seu adversário desta quinta-feira, por volta das 23h (horário de Brasília), será o suíço Stan Wawrinka, contra quem também tem um histórico de duas vitórias e três derrotas (assim como contra Rafa antes do último duelo).

 

Assista aos emocionantes momentos finais da vitória de Kyrgios: