X

Zwetsch não é mais o capitão brasileiro na Copa Davis

Domingo, 03 de fevereiro 2019 às 12:05:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Fim de um ciclo. O gaúcho João Zwetsch não suportou a derrota para a Bélgica no último sábado em Uberlândia (MG) e renunciou ao cargo de capitão do Time Brasil da Copa Davis. Ele exercia a função de comandante da equipe desde 2010.



Presidente da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), Rafael Westrupp confirmou, em entrevista exclusiva para a Revista Tênis, o pedido de desligamento da função feito por Zwetsch.

"Ontem à noite o João veio conversar comigo e deixou o cargo dele à disposição por entender ser o momento de fechamento de um ciclo. Um ciclo de 9 anos que foi muito bem sucedido, que aglutinou jogadores, que teve momentos marcantes como a vitória sobre a Espanha, que desenvolveu um clima de muito respeito e parceria dentro da equipe", iniciou Westrupp.

"Já vínhamos conversando sobre este ciclo e ele entendeu que este era o momento de encerramento. O João é um dos melhores treinadores do Brasil e agora terá mais tempo para se dedicar a outros projetos. Estamos desenvolvendo um projeto muito importante de desenvolvimento dos atletas de transição, cujo perfil do João se encaixa muito bem com as características da liderança que precisamos para este projeto, que atende atletas e treinadores", disse.

O Brasil perdeu a chance de se classificar às finais da maior competição entre nações, que serão realizadas em Madri no mês de novembro, e terá que disputar o Zonal Americano, em setembro, para tentar voltar à fase classificatória da competição em 2020.

Aos 50 anos de idade, João teve um retrospecto de nove vitórias em 19 confrontos disputados. Ele se dedicará aos trabalhos na academia Tennis Route, no Rio de Janeiro, que conta com atletas como os jovens Thiago Wild, paranaense e atual campeão juvenil do US Open, e o brasiliense Gilbert Klier Junior, que conquistou a medalha de bronze nas Olimpíadas da Juventude, na temporada passada em Buenos Aires (ARG).