X

Tsitsipas joga muito, derruba Federer e vai às 4ªs na Austrália

Domingo, 20 de janeiro 2019 às 10:14:22 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em uma batalha épica e decidida nos detalhes, o grego Stefanos Tsitsipas surpreendeu o suíço Roger Federer e alcançou, neste domingo, a maior vitória de sua carreira, garantindo vaga nas quartas de final do Australian Open, em Melbourne.



O jovem de 20 anos e atual número 15 do mundo derrubou o atual bicampeão do torneio e terceiro do ranking por 3 sets a 1, parciais de 6/7 (13/11) 7/6 (7/3) 7/5 7/6 (7/5) em 3h45min de partida. Esse foi o primeiro duelo oficial entre eles no circuito, que haviam se enfrentado na primeira semana do ano na Copa Hopman com vitória apertada de Federer em dois tie-breaks.

Tsitsipas faz história para a Grécia com o melhor resultado do país em Grand Slams e vai enfrentar agora na terça-feira, por vaga na semifinal, o espanhol Roberto Bautista Agut, que venceu em outra batalha o croata Marin Cilic, vice-campeão ano passado, em cinco sets.

Já Federer, campeão do Australian Open em 2017 e 2018, perde uma sequência de 17 vitórias seguidas em Melbourne e, como defendia o título, vai perder ao todo 1820 pontos no ranking (soma 180 pelas oitavas e desconta 2000 do título) e deve cair no mínimo para a sexta posição no ranking.

O JOGO

O duelo foi disputado saque a saque pelos dois jogadores. Ao longo da partida houve apenas uma quebra, a favor do grego no finalzinho do terceiro set. Federer teve ao todo 12 break-points ao longo do jogo, todos salvos pelo grego.

Tsitsipas encaixou ao todo 62 winners na partida, um a mais que Roger, e cometeu bem menos erros que o rival, 36 a 55.

No primeiro set, Federer teve dois break-points no primeiro game e não aproveitou. O jogo então se encaminhou para o tie-break que foi disputado ponto a ponto até o suíço fechar com erro de revés do rival, 13 a 11.

Na segunda etapa, Tsitsipas salvou quatro set-points sacando no décimo game e encaminhou a parcial para um novo tie-break, onde desgarrou no placar a partir do 3 a 3 e fechou com winner de direita para fazer 7 a 3.

No terceiro, tudo parecia que teríamos um novo tie-break, até que no 12º game Federer jogou mal, cometeu erros e cedeu a única quebra do jogo para Tsitsipas que fechou com 7/5.

Na quarta parcial, mais equilíbrio e sem chances de quebra para os dois lados, e após mais um tie-break disputado ponto a ponto, Tsitsipas viu Federer mandar um revés na rede para fechar o jogo e vibrar incrédulo olhando para seu box com o feito.