X

Última local nas simples, Barty breca Sharapova e está nas quartas em Melbourne

Domingo, 20 de janeiro 2019 às 02:09:21 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após bater a atual campeã Caroline Wozniacki na terceira rodada, a russa Maria Sharapova não manteve o embalo e parou na última atleta australiana nas chaves de simples (masculina e feminina) do Australian Open. Ashleigh Barty levou a melhor e rumou às quartas de final.



Campeã em 2008 do Grand Slam em Melbourne, Sharapova, cabeça de chave número 30 e 30ª da WTA, perdeu de virada, por 4/6 6/1 6/4 em 2h22, para Barty, 15ª melhor jogadora do torneio e do mundo, que alcançou a próxima fase e vai fazendo sua melhor campanha em Slams, já que as oitavas na última edição do US Open havia sido seu melhor resultado em torneios deste porte.

É importante destacar também a desistência da anfitriã da disputa das duplas no último sábado, alegando dores abdominais.

Com a classificação de Ashleigh, os fãs locais mantêm as esperanças em uma atleta da casa levantar a taça no evento de simples. Entre as mulheres, Chris O'Neil, em 1978, foi a última a conseguir tal façanha. Já entre os homens, a marca é de Mark Edmondson, que foi campeão em 1976. A compatriota Samantha Stosur, que ainda segue em atividade, é a mais recente vencedora de Majors do país, triunfando no US Open de 2011.

Buscando uma vaga nas semifinais da competição, Barty vai encarar a tcheca Petra Kvitova, que levou a melhor sobre a jovem norte-americana Amanda Anisimova por 6/2 6/1. No confronto direto, três vitórias em três jogos para Kvitova, sendo que o último duelo entre as duas aconteceu há pouco mais de uma semana, no último dia 19, na final do WTA Premier de Sydney, com um apertado placar de 1/6 7/5 7/6(3) a favor da europeia.

Sharapova x Barty

No primeiro set, a russa se viu obrigada a salvar dois break points quando sacava em 3-4. Salvou, empatou e obteve a quebra no serviço da australiana logo na sequência, no nono game, fechando a seguir e largando na frente.

Na segunda parcial, recuperação de Barty, que quebrou o saque de Sharapova no quarto e no sexto game, manteve muito bem o seu, venceu com um fácil 6/1 e deixou tudo igual.

Já no terceiro e decisivo set, a anfitriã deslanchou no início. Ela abriu 4-0 logo de cara, teve uma das quebras devolvidas pela siberiana no sexto game, precisou salvar dois break points no oitavo, mas conseguiu administrar a vantagem e fechou a partida com um 6/4.