X

Aos 17 anos, Anisimova frustra favoritismo de Sabalenka e vai às 8ªs em Melbourn

Sexta, 18 de janeiro 2019 às 02:30:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A jovem norte-americana Amanda Anisimova, 87ª do ranking da WTA, segue surpreendendo na chave do Australian Open e nesta sexta-feira deu uma aula de tênis para a bielorrussa Aryna Sabalenka, 11ª, e se garantiu pela primeira vez nas 8ªs de final de um Grand Slam.



Anisimova precisou de 1h para fechar o placar em 6/3 6/2 tendo convertido quatro aces contra três da bielorrussa, que cometeu 13 erros não-forçados contra nove da norte-americana, que disparou 21 bolas vencedoras contra 12 de Sabalenka.

A partida trouxe à terceira rodada do Australian Open, duas das tenistas mais jovens que têm despontado no circuito. Sabalenka, de 20 anos, teve uma apresentação inconstante e com bastante erros, que acabou piorada diante da excelente atuação de Amanda Anisimova, de 17 anos, que praticamente não errou, apresentou muita variação e fez pontos incríveis, como o abaixo.

Jogando pela primeira vez na carreira a fase de oitavas de final de um torneio do Grand Slam, Anisimova aguarda por definição de rival que sai do confronto entre a tcheca Petra Kvitova e a suíça Belinda Bencic.

Pelo segundo ano consecutivo o Australian Open vê uma adolescente brilhar em sua chave, em 2018, a ucraniana Maria Kostyuk, então com 15 anos, chegou à terceira rodada.