X

Djokovic quer usar status para promover mudanças na ATP

Terça, 15 de janeiro 2019 às 14:19:42 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 1 do mundo, Novak Djokovic voltou a pregar buscar por melhorias no circuito da Associação dos Tenistas Profissionais e não colocou a culpa apenas no presidente Chris Kermode que vem sendo criticado por alguns jogadores.



O sérvio passou pelo qualifier americano Mitchell Krueger por 6/3 6/2 6/2 nesta terça-feira: "Me senti bem, estar saudável e voltar a esta quadra novamente assim de bem é reconfortante. Há um ano tive uma sensação muito diferente em quadra com a lesão no cotovelo. Tive um grande êxito nos últimos seis meses, recupetei o número 1, esperamos ter outra boa partida contra o Tsonga", disse.

Djokovic comentou sobre a possível destituição do cargo do presidente da ATP, Chris Kermode. Esta semana Roger Federer afirmou conversar com Djokovic e Rafael Nadal sobre a situação. Há um burburinho no circuito de reclamações com o atual presidente: "Em primeiro lugar temos que deixar claro que não foi tomada uma decisão, ainda temos tempo. Os representantes do conselho vão falar com Roger, Rafa, qualquer um que esteja interessado em ter uma discussão sobre isso. Agora o que é importante é que todos entendam é que Rafa sempre está envolvido sem dúvida alguma. Já fez parte da estrutura política, do conselho e mesmo fora sempre tentou contribuir com o jogo. E necessito dar crédito a ele por isso. Não muitos jogadores se envolvem. Isso é algo que nós, como membro do conselho dos jogadores, estamos tratando de provocar nos tenistas".

O sérvio comentou também que o problema não seria apenas Kermode: "Não se trata somente do presidente. Se trata do futuro do esporte. Creio que em termos de comunicação entre os jogadores estamos muito melhor do que cinco anos atrás. No último ano e meio houve uma melhora significativa. Isso é o que necessitamos. Para nós é uma energia e um esforço adicional, não nos pagam por isso, mas creio que na minha perspectiva faço porque me importo com o esporte e me preocupo com os jogadores. Quero poder usar meu status para contribuir com mudanças positivas".