X

Djokovic: '75% do top 20 assinou uma carta contra o novo formato da Davis'

Domingo, 06 de janeiro 2019 às 17:09:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Líder do ranking mundial, o sérvio Novak Djokovic mais uma vez deu declarações sobre as opiniões de seus colegas de circuito sobre a nova Copa Davis. Segundo ele, a maioria é contrária ao formato que entrará em vigor na atual temporada.



Presidente do Conselho de Jogadores da ATP, Djokovic destacou novamente a existência de uma carta assinada pelos principais jogadores do ranking mundial.

"É uma carta assinada por 75% do top 20 do ranking mundial e que significa algo. Como presidente dos jogadores, eu defendo nossos direitos, mesmo que isso signifique ser contra a ITF e mesmo que eu não seja contra ninguém. Os órgãos da ATP sabem o que estão fazendo", disse ele, em entrevista ao Marca.

Vale lembrar que, atualmente, os tenistas só ficam elegíveis para participarem dos Jogos Olímpicos se tiverem participado várias vezes da Copa Davis nos anos anteriores. Novak não se agrada com o formato.

Tendo a primeira fase disputada em fevereiro e nos moldes atuais, e as decisões em Madri em novembro com o novo formato, o evento tem, como sócio, o jogador de futebol Gerard Piqué. O tenista de Belgrado revelou também uma conversa com o atleta do Barcelona.

"Deveria haver mais opções. Não quero entrar em detalhes sobre como eles chegaram ao acordo da ITF com o Piqué, mas muitas pessoas no tênis não concordam com o novo formato. Falei com Gerard e disse-lhe que não gostamos. A ideia era ter mais países envolvidos e eu acho que tudo passou rápido demais. Você não pode mudar um formato assim, tão rápido. Isso é o que não gostamos, tudo correu tão rápido", enfatizou Nole.

Para finalizar, o dono de 14 Grand Slams não garantiu sua participação na maior competição entre nações. Em contrapartida, confirmou que irá jogar a Copa do Mundo do Tênis da ATP, em janeiro de 2020.

"Vou jogar a Copa do Mundo, mas a nova Copa Davis ainda não foi decidido. Tenho um relacionamento "correto" com Piqué. Não concordamos em algumas coisas, mas sempre nos falamos com respeito", finalizou.