X

Australian Open vai modificar programa de calor extremo, garante jornal

Sexta, 28 de dezembro 2018 às 18:03:18 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O verão mal começou e a Austrália já sofre com o calor excessivo em grande parte de seu território. Nas últimas semanas, a média de temperatura foi de 43ºC e em diversas cidades a sensação térmica passou dos 50ºC.



Pensando nisso, informa a reportagem do jornal local Herald Sun, a Tennis Australia, federação local responsável pela organização do Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada, está reavaliando e reescrevendo sua política de calor extremo.

O torneio, que tem recebido críticas sistemáticas e atletas e suas equipes médicas em virtude da atual política, que visa paralisar jogos com sensação térmica acima dos 48ºC, com pausas para reidratação dos atletas em maior intervalo já  a partir dos 43ºC e fechamento do teto retrátil das quadras quadras com teto quando a sensação térmica beira os 45ºC.

As mudanças todas não são divulgadas pelo jornal, que assegura que suas fontes apontam que o programa de reidratação deve ser feito em temperatura inferior a atual, assim como assistência aos atletas em quadra e intervalos para refrescar-se em jogo.